07-12-2018 Mercado de Natal do Rato: reportagem com ONinho na RTP1, no "Portugal em Directo"
O Mercado de Natal do Rato é um evento natalício de cariz social onde cada instituic¸a~o de solidariedade social representada tem a oportunidade detalhes »

07-12-2018 Cooperação entre o Ninho e o CIAF Portugal
No dia 06 de Dezembro de 2018, foi assinado o acordo de cooperação entre o Ninho e o CIAF Portugal. detalhes »

30-11-2018 Convocatória: Assembleia Geral
Vai-se realizar no próximo dia 19 de Dezembro de 2018, pelas 15h00, na Associação ONinho. detalhes »

05-10-2018 É a memória de uma outra vida, ou é a vida que podia ter sido
Link para as fotos de Tiago Figueiredo. detalhes »

02-10-2018 Uma forma de violência contra as mulheres
A prostituição é inseparável das desigualdades sociais, da pobreza e da discriminação vivida pelas mulheres. ... detalhes »

19-09-2018 O que ganha um Estado-Proxeneta?
Porque é que um Estado quer regulamentar a prostituição? Esta questão deve ser colocada em todos os países onde:... detalhes »

19-09-2018 Verdades muito incómodas: Prostituidores, coacção sexual e negação do dano na prostituição
Porque hoje é o dia em que se assinala o combate ao tráfico de seres humanos para fins de exploração sexual, coloco um dos artigos que considero ser um tratado... detalhes »

08-09-2018 Associação "O Ninho": Conceito de "trabalho sexual" serve para "branquear realidade de exploração e violência" detalhes »

25-06-2018 Contas de gerência do exercício de 2017 detalhes »


É uma Associação espantosa que tem a porta aberta para acolher as mulheres que precisam de ajuda, nos caminhos da rua que percorrem constantemente. Os companheiros também podem bater à porta, podem entrar, há sempre alguém que escuta, compreende, respeita e descobrem caminhos ainda não andados e que são salvadores. ( Padre Vítor Feytor Pinto)


Aos 14 anos vim para a Europa. Fui posta numa casa com outras raparigas. Obrigou-me a despir. E fez tudo, mas tudo o que quis de mim. Chorei, gritei, implorei. Nada. Ele foi indiferente. Indiferente não. Sorria e os olhos brilhavam. Eram de vidro pensei.               saber mais